Para quem tem tempo!

Amor sem sofrimento

Amor sem sofrimento. Amor sem lágrimas. Amor sem luta. Amor sem amor. Tudo isto não faz o menor sentido para mim. E porquê? Bem, já experimentaram aprender um instrumento musical? Não houve luta no início? Ou tocaram a Sweet Child O’Mine logo como quem toca à campainha? Já experimentaram perder peso? Custa tanto ter de mudar de hábitos alimentares. E correr custa também, é uma luta diária. O amor é igual. Tem de haver dedicação. E, como tudo, podemos falhar. Ver o castelo a desmoronar-se é horrível. Não sabe bem a ninguém. Tanto tempo “desperdiçado”. Nunca tiveram um amigo que vos dissesse “É com os erros que se aprende”, ele tinha razão. O amor é uma descoberta, temos de ir descobrindo o outro e ver nele a nossa face. Tentar encontrar a harmonia. E isto não é papo-furado. É a realidade. Julgar que a batalha está ganha pelo simples facto de termos essa batalha é estúpido. Julgar que a outra pessoa nos amará incondicionalmente simplesmente porque aceitou ficar connosco é estúpido também. Temos de lutar. E falhar faz parte do processo. Agora desistir…isso é o pior que podem fazer. Tem de haver sofrimento. Temos de tocar guitarra melhor que o Slash e com menos 10 kg.

Direitos:

Com tecnologia do Blogger.

Blog Parceiro:

BLOGS PORTUGAL:

Translate

Blogging