Para quem tem tempo!

O tabaco e a nicotina, maléfico ou benéfico?

Fui fumador. Muito pouco tempo, tenha-se isso em atenção. Tão pouco que me é fácil dizer que abandonei o vicio. Mas fiquei sempre com esta questão na cabeça. Faz mal ou não faz? Até que ponto é que faz mal? Até que ponto é que representa um perigo para a saúde pública? 
Lembro, desde já que é um artigo que, baseando-se em muita informação recolhida, é um artigo meramente de opinião. Vale o que vale.
Dizendo isto, acho que vou passar à teoria. Não, eu não me vou focar na biologia da coisa. Não vou dizer que são do reino Plantae ou da classe Magnoliopsida. Mas uma curiosidade é que partilham a espécie (Solanaceae) com a batata ou o tomate. Uma curiosidade a mais numa conversa de botânica.
O tabaco é mais velho que Judas. A planta, não o ato de fumar. Isso remota a uma altura mais recente. Os indígenas. Em novembro de 1492, os companheiros de Cristóvão Colombo viram pela primeira vez os índios a "mandarem uns bafos". Segundo os historiadores, em 1530, plantas de tabaco teriam sido levadas para a Europa e cultivadas pela família real portuguesa pelo seu aspecto ornamental e pela sua função medicinal. Uma palavra: inteligentes. 
O tabaco, em termos medicinais, na altura servia para mais do que aliviar o stress das viagens. Podia ser pulverizado sobre as feridas para cicatrizar mais depressa, para além de curar dores de cabeça, males do estômago, úlceras cancerosasgengivites e fístulas.
Mas também é verdade que o tabaco, no século XX foi referido como um dos principais causadores de cancro. Curiosamente, na mesma altura que se começou a vender o tabaco como se vê hoje em dia: com filtros. 
Estarei eu a atribuir o factor cancerígena do tabaco ao filtro? 
Não. Mas um está ligado ao outro. Passo a explicar:
Foi por volta dos anos 50 que as empresas de produção de cigarros se começaram a preocupar com os filtros. Antes disso toda a gente fumava "à xerife", sem filtro. O que aconteceu foi que saíram estudos (não daqueles da internet, uns fidedignos mesmo) que comprovavam elementos presentes no cigarro que causavam o cancro nos pulmões. Excusado será dizer que as empresas se tiveram de adaptar. Fazendo o quê? Criando filtros que servem mais para camuflar a nicotina e o alcatrão. Mas é isso, é camuflar. Não melhoram o estado, apenas metem uma venda nos olhos de quem fuma.
Então o problema aqui é a nicotina?
Está mais que provado que a nicotina é mais que viciante. É uma droga. Provoca a necessidade do fumador de adquirir mais cigarros, e com eles, todos os químicos adjacentes que, esses sim, (ao contrário do que eu achava inicialmente) são os potenciadores de muitas doenças como o cancro, a enfisema, doenças cardíacas ou derrame.
No entanto, dos 8 a 20 mg de nicotina que podem estar presentes no cigarro (dependendo da marca), só cerca de 1 mg é absorvido pelo corpo. Tal não é o poder da nicotina...
Mas porque vicia? 
Bem, a nicotina provoca uma reação química (eu a dar uma de cientista) chamada de adrenalina.
Isso aumenta a frequência cardíaca, a pressão arterial, e por aí vai. Mas também provoca um pequeno aumento na taxa de metabolismo basal, isto é, traduzindo por miúdos porque eu também pedi para me traduzirem: digamos que está explicado o porquê das pessoas emagrecerem quando começam a fumar. O corpo começa a perder peso sem fazer nada. Até sentado. O sonho de qualquer procastinador como eu.
Mas nem tudo é mau!
A nicotina pode ajudar a prevenir algumas doenças como o Alzeimer ou o Sindrome de Tourette. O que é irónico porque vi mais gente fumadora a dizer asneiras, nomeadamente quando se queimam, do que gente que nunca fumou. E o cigarro pode reduzir algumas doenças também. Seja o Parkinson, seja o  aumento o efeito de medicamentos para o funcionamento do coração. 
Tudo tem um lado bom e um lado mau. 
A escolha é vossa!

Espero ter ajudado, qualquer dúvida que tenham ou qualquer coisa que queiram dizer, digam nos comentários.
Não se esqueçam de seguir o blog no facebook ou instagram.
Instagram oficial do blog: https://www.instagram.com/1questaodeespaco/

Página oficial Facebook: https://www.facebook.com/umaquestaodeespaco/

Sejam felizes, façam alguém feliz. ;)



Direitos:

Com tecnologia do Blogger.

Blog Parceiro:

BLOGS PORTUGAL:

Translate

Blogging