Para quem tem tempo!

As Madonnas:

Por esta altura já toda a gente sabe que Madonna vive em Portugal. Principal beneficio, andamos mais do que nunca na boca do povo. Principal desvantagem, agora o mundo sabe que debruçamos sobre questões importantíssimas como se dois livros criados para géneros diferentes são, efectivamente alvos de uma curva de dificuldade diferente, fazendo com que abra um precedente para um género mais burro e outro mais esperto.



Então mas- pergunta o leitor, e bem- achas isso bom ou mau?- ao que eu desde já respondo. Acho mal! Porquê? Porque estão a tomar os rapazes por mais espertos. Não é que eles não o sejam, simplesmente gosto de pensar que guardamos muita da nossa capacidade intelectual quando vejo os sofás à frente de uma qualquer loja de roupa avultados com pessoas do sexo masculino. Entendam, senhoras, não é que a massa cinzenta feminina seja inferior, mas claramente nesses labirintos não é usada.
Eu, como homem, já sei onde está o que quero comprar numa Primark ou numa Pull&Bear, não está em saldos na maioria das vezes mas é o que eu quero. Dirijo-me logo à caixa e efectuo o pagamento. Pronto, já está. Fiz o labirinto com distinção.
A maior parte das mulheres ainda vive o estigma de percorrer todo o labirinto 30 vezes, ficar indecisa,  acabar a comprar quase tudo o que "não queria mas estava em saldos e era giro" e ainda voltou à caixa porque se esqueceu de umas meias giríssimas que estavam em promoção.
Claro que podemos fazer a comparação contrária com os homens, atirem-nos para uma loja de bricolage e vejam a magia acontecer.
É precisamente ai que eu quero chegar, vêem como consegui mostrar a mesma realidade para os géneros diferentes mas um é mais falado que outro, correto?
Pois bem, eu acho que o livro também. Não sei quem foi o génio de marketing que deixou sair cá para fora as imagens mas fez sair mais livros de actividades na Porto Editora neste ano que toda a década passada. Isto não passou de um blefe.A verdade é que tanto de um lado como de outro há puzzles difíceis.
Mas a maior dificuldade realmente prende-se nos homens... e meter esta gente toda femi-nazi (porque está na moda sê-lo) a pensar que efetivamente pode ter havido aqui um erro e os livros podem ser iguais? Ui ui, cuidadinho com ela.
Quando à Madonna, olhe, pois habitue-se que a alfândega não é a única com problemas #BitchPlease #RestingBitchFace #bitchimmadonna


Não se esqueçam de comprar o meu livro. À venda aqui:
 https://www.books2read.com/u/478Xla
 https://www.amazon.com.br/dp/B075FGTWTY

Direitos:

Com tecnologia do Blogger.

Blog Parceiro:

BLOGS PORTUGAL:

Translate

Blogging